Adene - Agência para a Energia

A Agência para a Energia surge em Setembro de 2000 por transformação do Centro para a Conservação de Energia (CCE), criado em 1984.

Em Dezembro de 2001, na sequência da Resolução do Conselho de Ministros nº 154/2001 de 19 de Outubro, a missão, âmbito e atribuições da Agência para a Energia foram ajustadas e a sua denominação alterada para ADENE. A ADENE é uma instituição de tipo associativo de utilidade pública sem fins lucrativos, participada maioritariamente (69,66%) por instituições do Ministério da Economia e do Emprego: Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG), Direção Geral das Actividades Económicas (DGAE) e Laboratório Nacional de Energia Geologia (LNEG).

As empresas concessionárias dos serviços públicos de fornecimento de eletricidade e gás (EDP e Galp Energia) detêm 22% do capital social, sendo ainda 5.74% partilhados pelo LNEC, ISQ, FEUP, AMP, CCDRN e CBE. Para cumprir a missão que lhe está atribuída, a ADENE reorganizou em Março de 2010 a sua estrutura executiva com a flexibilidade adequada para atuar em domínios temáticos prioritários, traduzida nas seguintes direções operacionais:

 - Direção de Auditoria Energética na Indústria (DI)

 - Direção de Auditoria Energética nos Edifícios (DE)

 - Direção de Desenvolvimento Sustentável (DS)

 - Direção de Marketing (DM)

 - Direção Técnica (DT)

A ADENE realiza, prioritariamente, atividades de interesse público no domínio da política energética e dos serviços públicos concessionados ou licenciados no sector da energia, podendo atuar em áreas relevantes para outras políticas sectoriais, quando interligadas com a política energética, em articulação com os organismos públicos competentes.

A ADENE desenvolve a sua atividade junto dos diferentes sectores económicos e dos consumidores, visando a racionalização dos respectivos comportamentos energéticos, a aplicação de novos métodos de gestão de energia e a utilização de novas tecnologias.

Para o efeito, a ADENE recorrerá ao apoio de entidades públicas ou privadas e agentes de mercado especializados. No desenvolvimento de atividades de interesse público, a ADENE é financiada, nomeadamente, através de contratosprograma celebrados com organismos do Ministério da Economia e do Emprego, ou de outros ministérios, e com entidades concessionárias de serviços públicos.

As atividades atuais compreendem:

 - Projetos no âmbito de vários programas comunitários, em parceria com outras agências e organizações internacionais;

 - Participação na Rede Europeia das Agências de Energia (EnR);

 - Gestão dos Sistema Nacional de Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior nos Edifícios (SCE) e do Sistema de Gestão de Consumos Intensivos de Energia (SGCIE);

-Áreas prioritárias nacionais, como o Plano Nacional de Acção para a Eficiência Energética (PNAEE), para além de intervenções nos domínios da Gestão da Procura e das Energias Renováveis com grandes atores do mercado energético português.